Fone: (73) 3613-1892

Grave Situação do Conjunto Penal de Itabuna

Grave Situação do Conjunto Penal de Itabuna

LOGO OABCOMUNICACAO

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Bahia – Subseção Itabuna, por sua Diretoria, vem a público externar a sua preocupação com a situação em que se encontra o Conjunto Penal de Itabuna, que, por determinação da Superintendência de Gestão Prisional, suspendeu o recebimento de novos detentos até que se normalize o fornecimento de água a esta Unidade Prisional.

De acordo com comunicado enviado á OAB-Itabuna, pelo Diretor Geral do Presidio, Capitão PM Adriano Valério Jacome da Silva, a situação está critica e a “gerencia de protocolos de crise já detectou a possibilidade real de uma REBELIÃO, caso a EMASA ou alguma empresa particular não forneça água”. O Conjunto Penal de Itabuna está atualmente com uma superlotação de 1.338 presos e os esforços empreendidos pela Direção, junto com alguns particulares, não estão suprindo as necessidades básicas. Seriam necessários 100 mil litros de água por dia, sendo 10 mil de água potável.

A OAB-Itabuna requer das autoridades municipal e da EMASA uma atenção especial ao Conjunto Penal. Entende-se que o município está passando por uma crise hídrica há seis meses consecutivos, mas o não recebimento de presos por parte do presidio pode resultar no aumento da criminalidade, pois os infratores poderão ser soltos a qualquer momento, sem contar que a possibilidade de Rebelião também preocupa bastante, já que mortes desnecessárias podem ocorrer, bem como fugas em massa e depredação do bem público.

Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Bahia - Subseção Itabuna

© Copyright 2017 OAB/BA Itabuna   |   Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por